Call of Duty: Black Ops - First Strike

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pra você, vale a pena?

100% 100% 
[ 1 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 1

Call of Duty: Black Ops - First Strike

Mensagem por LuisHenriqueBS em Qui Fev 03, 2011 7:17 am

Call of Duty é a franquia mais bombástica da atual geração. Quer uma simples prova disso? Black Ops, a mais recente iteração, é o produto de entretenimento com maior número de unidades vendidas no período de 24 horas, quebrando o recorde mundial previamente estabelecido por outro jogo da série, Call of Duty: Modern Warfare 2. De acordo com o Guinness, o livro dos recordes, Black Ops vendeu 7 milhões somente no primeiro dia.

É claro que muito se deve ao hype, gerado principalmente pelo sucesso dos últimos games da franquia. Mas, felizmente, Black Ops consegue se sustentar tranquilamente como um excelente jogo de tiro em primeira pessoa, mantendo boa parte da estrutura que consolidou a franquia como uma mestra do gênero.

Sozinho, o mais recente Call of Duty fornece uma ótima experiência no modo single player, trazendo eventos fictícios e também alguns fatos reais — com direito até mesmo a algumas figuras famosas devidamente interpretadas no mundo digital. Mas, sem qualquer sombra de dúvidas, o principal atrativo de Black Ops é o modo multiplayer.

Em Modern Warfare a Infinity Ward, responsável pelo desenvolvimento do game, já acertava na receita. Em seguida, a Treyarch, que ficou encarregada de World at War, aproveitou a ideia da IW para conceber um multiplayer de qualidade. Na sequência de Modern Warfare, a Inifinity Ward trouxe muitas novidades, deixando o multiplayer ainda mais robusto e do jeito que os fãs gostam.

Entretanto, foi Black Ops quem fez a fórmula definitiva. Ao adicionar os Call of Duty Points, que funcionam como a grana do game, a Treyarch conseguiu criar um modo muito mais dinâmico e profundo, aumentando as possibilidades de profundidade e tornando-o mais produtivo.

Novamente, o game foi aclamado pela crítica e também pelos fãs, que permanecem incessantemente nos tiroteios online. Mesmo com vários mapas diferentes no multiplayer, nem tudo estava perfeito para os viciados no game. Com isso, a Treyarch resolveu ouvir a voz de seus fiéis jogadores para trazer ainda mais opções de níveis ao game.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Com isso, surge o First Strike, a primeira expansão de Black Ops. Anunciado em dezembro de 2010, o DLC (downloadable content, ou conteúdo para download, numa tradução livre) oferecia cinco novos mapas aos jogadores. O bacana é que os níveis foram criados de acordo com as várias solicitações dos fãs, que pediam desde fases menores até níveis com mais verticalidade.

O Baixaki Jogos foi conferir de perto como estão os novos cenários da matança de Call of Duty: Black Ops, que já está disponível no serviço Xbox Live por 1200 Microsoft Points. Mas atenção para um detalhe: No Brasil, não é possível adquirir o pacote na Live estadunidense, mesmo que você conte com a quantidade necessária de pontos em sua conta. Quem reside no Brasil e tentar comprar no serviço dos EUA receberá a mensagem de que o conteúdo não está disponível para a região.

O jeito é migrar sua conta para a Xbox Live Brasil (saiba como clicando aqui). Ou, se preferir, você também pode criar uma nova conta, algo que também é explicado por meio do link citado acima. Atualmente, o DLC está disponível somente para o Xbox 360, devido ao contrato de exclusividade temporária entre a Microsoft e a Activision. Dentro de poucas semanas, contudo, as versões para PlayStation 3 e PC também devem aterrissar nas lojas virtuais.

Mas, vamos ao que interessa: First Strike vale a pena? Bem, o trailer de divulgação da expansão já nos deixou bastante empolgados e certamente também vai fazer com que os olhos dos fãs brilhem. Nós até preparamos uma legenda para facilitar a compreensão do conteúdo do vídeo, que pode ser visualizado no link da noticia no baixaki jogos no fim do post.

A Treyarch certamente fez um bom trabalho ao ouvir as preces dos fãs, trazendo quatro mapas para o modo competitivo e também um exclusivo para quem deseja enfrentar zumbis ao lado de seus companheiros. Apesar do preço meio salgado, quase R$ 30,00 de acordo com a taxa de câmbio atual, First Strike cumpre sua promessa, tornando o modo multiplayer ainda mais dinâmico.

Aprovado

A escolha é sua

Bem, logo após baixar o DLC, que pesa pouco mais de 600 MB, tudo que você tem de fazer é iniciar Black Ops. É possível que o game solicite uma pequena atualização, a qual não deve tomar nem mesmo um minuto de seu tempo. Feito isso, você é enviado ao menu principal, que continua igual.

Ao clicar em Multiplayer e então selecionar Find a Match para as partidas online, você notará que uma nova opção surge na tela. Abaixo dos modos Core, Barebones, Hardcore e Prestige temos a frase First Strike, que indica que o DLC já está pronto para ser jogado.

Basta acessar a opção para ser enviado à outra tela, que permite a seleção dos vários modos distintos suportados pelo pacote de expansão. Felizmente, a opção Team Deathmatch está lá, mas não é a única. Além do tradicional “mata-mata” em times, o jogador também tem a chance de jogar os novos mapas com objetivos diferentes.


Quem preferir algo mais organizado pode optar pela opção Domination, na qual temos três bandeiras espalhadas pela fase e duas equipes lutam para capturá-las e controlá-las pelo maior tempo possível. Há ainda o Search and Destroy, que relembra bastante o saudoso Counter-Strike. Aqui, o objetivo é simples: destruir determinados artefatos. Uma equipe cuida do ataque, enquanto a outra precisa defender os objetos-alvo. Lembrando que não há respawn (ressurgimento) instantâneo — o jogador precisa esperar até a rodada acabar para voltar ao tiroteio.

Sem dúvidas, a possibilidade de jogar em qualquer uma destas três opções gera muito mais longevidade para o DLC. Em nossa sessão de testes, boa parte dos jogadores concentrava-se no clássico Team Deathmatch, mas também conseguimos jogar tranquilamente o divertido Search and Destroy. Basta escolher sua favorita e partir para o chamado do dever.

Zona mortal

Quatro mapas pode até parecer pouco, mas não se engane. Cada uma das fases possui características marcantes e você provavelmente vai se identificar mais com algumas do que outras. Entretanto, não há como negar que a Treyarch conseguiu criar um pacote de mapas com um equilíbrio muito bacana, oferecendo várias experiências radicalmente distintas dentro de um DLC.

Nossa primeira briga foi em Berlin Wall. Sem dúvidas, este é um dos mapas mais interessantes da expansão. Primeiramente pela própria ambientação: os jogadores são colocados no famoso Checkpoint Charlie, um posto militar que vigiou o Muro de Berlim até sua queda. Conforme menciona o próprio Dan Bunting, diretor online da Treyarch, isso cria uma sensação de que os dois extremos da Alemanha se enfrentam.


E é claro que tudo isso gera uma tensão interessante, que contribui bastante para o clima e dá novos ares à experiência. Você não se sente apenas como um soldado em uma luta sem sentido, mas nota claramente que ali existem combatentes que lutam por uma causa.

Além disso, Berlin Wall também conta com um design bem bacana. O grande destaque, obviamente, vai para a área demarcada com a cor vermelha em seu radar. Basicamente, este é o ponto em que nenhum homem deve estar. Qualquer um que tentar passar pelo local será fuzilado pelas metralhadoras automáticas fixadas nas torres. Com sorte, você pode até conseguir sair vivo, algo que certamente renderá um atalho excelente.

Essa interação do ambiente com o jogador é, sem dúvidas, bem-vinda. Além de trazer um diferencial para cada mapa, ela também gera uma experiência distinta e que requer novas estratégias para os fiéis soldados de Call of Duty.

Em suma, o gelado Berlin Wall é um mapa grande, que favorece bastante os Snipers por trazer também várias janelas e esconderijos.


Combates dinâmicos

Em seguida, conhecemos Stadium. Esse é simplesmente um dos mapas mais insanos do game. Você mal tem tempo de ressurgir depois que é ferido fatalmente por um dos inimigos. O nível é pequeno e tem uma espécie de praça central na qual o tiroteio é constante. Os dois times focam-se no centro, resultando em uma verdadeira guerra.

O bacana é que o nível também traz vários corredores, o que gera vários combates de curta distância. Aqui você tem uma boa chance de aproveitar para utilizar armas diferentes, abandonando um pouco os rifles de longo alcance.


Posteriormente, partimos para Kowloon, um nível que mescla tiroteios de longa e curta distância. Basicamente, é como se estivéssemos jogando a famosa fase da favela do Rio de Janeiro do game Counter-Strike. Nos barracos, o combate é curto e desenfreado. Entretanto, existem locais em que o jogador tem uma visão panorâmica do nível, permitindo estratégias ideais para quem gosta de usar os rifles de longo alcance.

Um dos destaques de Kowloon é a tirolesa. Este é o único mapa que oferece a possibilidade de usar o que no game é conhecido como zipline. Com ela, você consegue ir rapidamente de um ponto ao outro, tornando-se um recurso ideal para quem deseja fugir ou simplesmente correr atrás de quem está do outro lado do nível. Mas, cuidado: você fica totalmente vulnerável quando está deslizando cabo abaixo.


Uma boa descoberta

Por fim, o último mapa do modo competitivo: Discovery. Assim como em Berlin Wall, a neve também é abundante, mas o mapa é muito mais aberto em relação aos apartamentos das ruas de Berlin. Aqui o jogador está em um velho centro de pesquisas da Antártida, com edifícios de grande porte e muitas montanhas.

O mais interessante é a passarela, situada no meio do nível. O jogador pode aplicar um belo golpe no oponente que decidir passar pela ponte natural. Como? Basta atirar ou explodir o chão no exato momento em que seu inimigo decidir cruzar o local. Quando isso acontece, a risada rola solta.

Discovery é uma boa pedida para os Snipers, mas também pode ser tranquilamente desfrutada por aqueles que gostam dos rifles pesados. Em suma, outro mapa bem dinâmico.


E o indispensável...

O modo de zumbis de Black Ops é uma aposta engraçada da Treyarch que gerou bastante divertimento aos jogadores. E, com First Strike, o jogador tem a chance de conferir mais um nível: Ascension.

Aqui, tudo funciona de maneira semelhante ao modo convencional. Você se junta a seus companheiros para eliminar hordas e mais hordas de zumbis de toda sorte, que brotam por toda parte. Destaque para a atmosfera do mapa, que relembra bastante o cenário de Frankenstein.

Reprovado

Ainda está caro

Não há como negar que a experiência em First Strike é boa, principalmente para quem é fã do game. Mas, certamente, a Activision poderia ter pegado um pouco mais leve no preço. Você pode encontrar vários títulos completos e com muito mais horas de duração por 1200 Microsoft Points. Além disso, normalmente, os pacotes desse tipo são vendidos por até 800 MS.

Também seria bacana ver mais interações com o ambiente nos mapas. Cada um dos níveis traz apenas um tipo de interatividade, mas um número maior certamente ampliaria a necessidade e as chances de utilizar novas estratégias para sua sobrevivência.


Vale a pena?

O primeiro DLC de Black Ops é uma boa escolha para quem é fã do game. São quatro mapas com propostas bem diferenciadas e interações que podem mudar totalmente a experiência durante as competições. De quebra, você também ganha mais uma fase no modo zumbi, que também é bem divertida.

Infelizmente, o preço é meio alto, o que pode tirar a vontade de compra de muitos jogadores. Mesmo assim, se tiver alguns pontos sobrando e ansioso para aniquilar seus oponentes em novos terrenos, não hesite e parta para seu “primeiro ataque”.

Fonte: [url="http://www.baixakijogos.com.br/xbox-360/call-of-duty-black-ops-first-strike/analise"]BaixakiJogos[/url]

E pra você? Vale a pena?
avatar
LuisHenriqueBS
feto
feto

Respeito às regras : perfeito

Mensagens : 30
SimPontos : 2498
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/02/2011
Idade : 21
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Call of Duty: Black Ops - First Strike

Mensagem por bpressanto em Qui Fev 03, 2011 12:23 pm

esse foi o melhor jogo que ja comprei cara

incrivel! Surprised
avatar
bpressanto
recén-nascido
recén-nascido

Respeito às regras : perfeito

Mensagens : 203
SimPontos : 2751
Reputação : 3
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 21
Localização : Caxias do Sul - RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Call of Duty: Black Ops - First Strike

Mensagem por LuisHenriqueBS em Qui Fev 03, 2011 1:51 pm

sim, esse vale a pena Smile
avatar
LuisHenriqueBS
feto
feto

Respeito às regras : perfeito

Mensagens : 30
SimPontos : 2498
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/02/2011
Idade : 21
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Call of Duty: Black Ops - First Strike

Mensagem por bpressanto em Qui Fev 03, 2011 3:03 pm

com certeza Smile
avatar
bpressanto
recén-nascido
recén-nascido

Respeito às regras : perfeito

Mensagens : 203
SimPontos : 2751
Reputação : 3
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 21
Localização : Caxias do Sul - RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Call of Duty: Black Ops - First Strike

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum